8 curiosidades sobre borboletas

Nathalia Araújo / Thayane Silva

Borboleta da espécie Pyrrhopyge charybdis

Embora alguns estudos dizem que borboleta vem da palavra "belbellita" e significa belo, ainda há incertezas sobre a etimologia de seu nome. Elas também podem ser chamadas de panapaná ou panapanã, esse por sua vez, vem do tupi: panapa'ná e também pode ser usado para designar o coletivo de borboletas. Mas uma coisa é certa, esses insetos são dotados de uma singeleza e beleza inconfundível. 


As borboletas pertencem à Ordem Lepidoptera, possuem asas com escamas coloridas e ocorrem em quase todas as regiões do mundo, exceto nas regiões polares. No total, são descritas cerca de 20 mil espécies em todo o mundo e no Brasil esse registro chega por volta de 3.100 espécies. São animais de hábitos diurnos, diferentes das mariposas. São dotadas de um par de antenas e um par de olhos, boca (probóscide ou espirotromba) adaptada para sugar o néctar, seis patas, dois pares de asas cobertas por escamas coloridas que vão variar entre as espécies. 

Borboleta da espécie Pyrgus orcus 

O ciclo de vida desses insetos passa por quatro fases: ovo, larva (lagarta), pupa (crisálida) e imago (fase adulta). Quando lagarta, se alimenta de vegetais, o suficiente para armazenar e conseguir passar pela fase crisálida. Quando borboleta, se alimenta basicamente de néctar, coletada diretamente das flores e de suco retirado dos frutos. A reprodução é, em geral, com troca de gametas, mas também pode ocorrer por partenogênese. 

As borboletas possuem importância médica, econômica e ecológica em todas as fases de sua vida, servem de alimento para outros animais e podem sofrer parasitismo. São sensíveis às mudanças climáticas, portanto, se encontrar uma área ou jardim repleto de borboletas significa qualidade ambiental. Algumas espécies desse grupo possuem mecanismos de defesa bastante eficazes contra predação, como substâncias urticantes. Gostam de dormir em lugares calmos e, em geral, voltam sempre ao mesmo local para descansar. 
 

Borboleta da espécie Agraulis vanillae 

Então aqui temos 8 curiosidades sobre as borboletas: 
  • São importantes polinizadoras
  • Usam as patas para degustar
  • As antenas percebem os cheiros
  • Podem viver por poucos dias ou semanas
  • Seu tamanho pode variar de milímetro a centímetros
  • Podem percorrer longas distâncias
  • Possuem uma ótima visão
  • São bioindicadoras da qualidade ambiental
E como dizia o poeta: “O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim, para que elas venham até você.”

 LEIA MAIS  Gostou de saber sobre borboletas? Saiba mais sobre o insetos e também sobre tamanduá-bandeira.

Comentários