Natu Caatinga


Retratar a Caatinga é uma atividade que requer cuidados a fim de valorizar um bioma ainda estigmatizado, pouco conhecido e já ameaçado.


A Caatinga é tão somente brasileira, seja em território, fronteira e características próprias. Apesar da visão comum de seca e pobreza, é um ecossistema bastante rico. Além dessa formação biológica exuberante e intrigante, os seus aspectos peculiares e sua capacidade de renovação, são pontos que a tornam única.



Quando se fala em Caatinga as palavras semiárido e sertão sempre estão presentes e, às vezes, se confundem. A Caatinga é um conjunto de ecossistemas com características em comum, o que a define como um bioma. O clima semiárido é típico da Caatinga, caracterizado pelos períodos de seca extrema e estiagem. Por isso, sua vegetação é adaptada a essas características. Sertão também é uma zona geográfica da região Nordeste onde predominam o bioma Caatinga e o clima semiárido.


O nome Caatinga tem origem tupi e significa mata branca, o que faz referência a sua vegetação sem folhas no período de seca, predominando na paisagem uma visão clara e branca dos troncos das árvores. A caducidade das folhas é uma das principais características da vegetação da Caatinga. Isso porque, devido ao período sem chuvas e muito quente da seca, as plantas perdem as folhas estrategicamente, pois assim reduzem a superfície de evaporação e a perda de água e conseguem sobreviver até as chuvas retornarem. Já com água, a paisagem se transforma e a Caatinga se renova. Além da perda das folhas, as árvores são geralmente baixas, os troncos tortuosos e com espinhos. 






Apesar das condições adversas, a Caatinga apresenta uma grande biodiversidade. As Estimativas apontam que cerca de 323 espécies de vegetais e 327 espécies de animais são endêmicas da região. Uma dessas espécies é a onça-pintada, felino ameaçado de extinção, em situação crítica no bioma. Além das onças, existem outras espécies da fauna também em risco, a exemplo da arara-azul-de-lear, a segunda mais ameaçada de extinção do país. Sem contar nas espécies que ainda não foram descobertas, descritas ou sem estudos mais avançados. A região também apresenta uma importante diversidade de fungos, além de grupos microscópicos.



Entre as espécies vegetais, destacam-se o mandacaru, o xique-xique e o juazeiro, todas elas especialmente adaptadas para as condições climáticas particulares da Caatinga, mostrando a grande diversidade e riqueza que se apresenta nesse pedaço da natureza. 





Somado ao Cerrado, temos dois biomas que ainda não foram reconhecidos como patrimônios brasileiros pela Constituição do Brasil. Para colaborar num movimento em prol desses biomas, temos uma campanha para sensibilizar mais pessoas sobre as questões relacionadas aos sertões do Brasil, sua flora, sua fauna, sua biodiversidade, sua gente, enfim, a sua natureza.


Você pode ajudar no abaixo assinado para a PEC 504/10 que prevê o reconhecimento desse bioma, juntamente com o Cerrado, como Patrimônios Nacionais, clique aqui.
  
Dia Nacional da Caatinga
Esse dia foi instituído pelo Decreto Federal de 20 de agosto de 2003, publicado no Diário Oficial da União, para ser comemorado no dia 28 de abril todo ano. É uma homenagem ao professor pernambucano João Vasconcelos Sobrinho (1908-1989), pioneiro na área de estudos ambientais no Brasil.

O que ler sobre Caatinga
A Associação Caatinga desenvolve uma série de atividades sobre o bioma e por isso possibilita a geração de informação sobre essa região natural brasileira. Visite https://www.acaatinga.org.br/sobre-a-caatinga 

O Instituto Sociedade, População e Natureza é uma organização da sociedade civil que atua em diferentes frentes, unindo pessoas, conhecimentos e em valorização às atividades democráticas e o desenvolvimento sustentável. Dentre os biomas está a Caatinga. Visite https://ispn.org.br/biomas/caatinga

A Eco Nordeste é uma agência de conteúdo formada por jornalistas focados nas diversas dimensões do Desenvolvimento Sustentável, social, econômica, ambiental, no Nordeste do Brasil com base nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que promovem a paz, a justiça e instituições eficazes. Um dos temas recorrentes está ligado ao bioma Caatinga. Visite. https://agenciaeconordeste.com.br/tag/caatinga

Onde ver a Caatinga
O Programa Amigos da Onça - Instituto Pró-Carnívoros retrata o bioma sob a ótica das relações entre pessoas, onças e a natureza para novas perspectivas e uma melhor convivência. Siga @amigosonca

Bichos da Caatinga reúne registros da natureza, principalmente animais dessa região biológica brasileira. Uma rica documentação da natureza no nordeste do Brasil. Siga @bichosdacaatingaoficial

Cores da Caatinga reúne uma série de registros da natureza, retratando vidas e cores presentes na Mata Branca! Siga @cores.da.caatinga

Você gostaria de sugerir outras páginas dedicadas ao bioma? Se sim, você pode deixar nos comentários.     

Natu Caatinga • 28/04/2021 • Bioma Caatinga, Brasil • Redação • Direção: Nathália Araújo; Edição: Amanda Costa; Claudia Martins; Daiana Polli; Francine Schulz; Maísa Ziviani; Rodrigo Viana; Fotografias: Carolina Esteves; Claudia Campos; Programa Amigos da Onça - Instituto Pró-Carnívoros.

A presente Edição Especial é associada à Natu do Instituto Jurumi.

Comentários