A importância de compartilhar conhecimento


Por Nathália Araújo

Responda para si: de que vale o conhecimento sem compartilhá-lo? De que vale o seu saber, sem transformar a vida das pessoas ao seu redor ou de fazer do mundo um lugar melhor? O que teria sido da humanidade se Thomas Edison não tivesse compartilhado seu conhecimento sobre a lâmpada ou se o Zacharias Jansen tivesse guardado a descoberta do microscópio para si – por vez, primitivo, mas hoje altamente especializado?

O ofício de ensinar chegou muito antes da escrita. Segundo pesquisadores, a oralidade em conjunto com diversos processos que acompanhavam a comunicação, foram fundamentais para que isso se perpetuasse, levando adiante o que era realmente importante repassar. Depois de muito tempo, o homem estava capacitado de diversas maneiras para que pudesse se comunicar e relacionar com o mundo.

A sabedoria e o conhecimento são ferramentas que nos permitem conhecer mais. Parte disso, encontramos ao longo da vida: é a tão bem vista experiência, ganhada com o passar do tempo e das situações cotidianas. Outra parte, obtemos com os nossos queridos e admirados professores, que desde muito cedo atuam em nossas vidas como mediadores da aprendizagem. Mesmo que tantas vezes, têm sua missão confundida pelos pais e alunos, muitos seguem firmes, por amor e na tentativa de mudar cenários.

Desde sempre são alvos de violências, falta de recursos e desvalorização profissional. Mesmo assim: missão de vida, dada é missão cumprida. Segundo o Ministério da Educação - MEC, as turmas de formandos em Pedagogia dobraram nos últimos sete anos. E a procura por pós-graduações de docência para o ensino superior ou complementações pedagógicas (licenciatura) que dão possibilidade de bacharéis lecionar, também cresce de forma significativa.

Ser professor passou a ser mais que uma profissão. Quando feito com zelo e afeto, é um ato de amor ao próximo, mas só é possível realizar quando se tem coragem de seguir, mesmo diante de tantas dificuldades.

O conhecimento compartilhado não se perde, ele se aprimora com o passar do tempo. Não é à toa, que o microscópio de Zacharias Jansen se transformou no que é hoje. Não é por menos, que as lâmpadas, hoje de LED são 80% mais econômicas que as primeiras de Thomas Edison. Tudo isso foi aprimorado. Compartilhar o que sabe é causar um impacto positivo que só tende a melhorar a vida das pessoas.

Todos, somos capazes de “iluminar” o mundo, independente de nossos conhecimentos técnicos. Que possamos juntar nossas forças com as experiências e o conhecimento adquirido independente de ter sido na escola, com nossos queridos professores, ou na vida, no nosso cotidiano e colocá-lo em prática a serviço de um mundo melhor.

Como dizia Cora Carolina: “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.”

 LEIA MAIS  Saiba mais sobre Educação no nosso blog.

Comentários

Mais vistas