Psiu! Olhe na janela!

Por Eduardo Guimarães / Fotografias Projeto Aves da Janela 

Durante as coletas de dados do mestrado tive dois sustos em uma mesma noite: o primeiro veio quando fui cercado por um exército de ratos buscando comida nos lixos da cidade. Já o segundo foi quando me deparei com uma coruja-orelhuda (Asio clamator). Ambos os encontros ocorreram no mesmo local, em uma área urbana de Brasília. Na verdade, tive mais sustos, mas isso fica para uma outra postagem, voltemos à coruja-orelhuda.

Durante a madrugada o assunto não poderia ser outro, por que essa coruja estava ali? Onde dormia durante o dia? Do que se alimentava no meio da cidade? Como será que está sua saúde? O barulho e a luz da cidade afetavam ela? Essas perguntas me levaram a estudar mais sobre o tema e tentar entender se os cientistas estavam olhando para esses animais na cidade. De fato, todas essas questões não saíram da minha cabeça até hoje, me levando a entrar para um doutorado para estudar mais e mais...

Vocês sabiam, por exemplo, que mamíferos ao redor de todo o mundo estão alterando seu horário de atividade por causa da influência de humanos? Sabiam que algumas aves alteram seu canto, pois tem que competir com o barulho de carros? Ou mesmo que nem todos os animais conseguem viver na cidade e os que vivem podem viver menos? Pois é, nós humanos somos mesmo muito presentes no mundo todo e estamos afetando os outros animais. Por isso, acredito que agora é a hora de olhar para esses animais dentro da cidade.
 

E então, assim que entrei no doutorado animado para responder várias perguntas, veio a pandemia e passei a observar o mundo só da minha janela. Muitas dúvidas, muitas reuniões e finalmente uma ideia surgiu: vamos fazer um projeto que todas as pessoas possam contribuir coletando informações, cada um na sua janela. Sabíamos que a proximidade com a fauna traz bem-estar para os humanos. De fato, pesquisadores já mostraram a influência das aves nas emoções das pessoas em parques urbanos. 

Queríamos, dessa forma, mostrar que os animais estão ao redor de todos nós, inclusive na própria janela. O projeto se chama @avesdajanela e já conta com a colaboração de muitas pessoas no Distrito Federal e entorno. Depois de iniciarmos o projeto apareceram diversos relatos ao redor do mundo mostrando os animais entrando nas cidades e retomando os espaços antes impossíveis de serem ocupados. Estamos no caminho certo!
Não posso falar por outras pessoas, mas no meu caso posso afirmar que a pandemia me fez ver o mundo de uma forma diferente. Quais coisas realmente são importantes? O que eu realmente dou valor? E, principalmente, como que a rotina agitada do dia não me possibilitava refletir sobre o que realmente importava para mim. 

Quantas belezas estão ao nosso redor e não a contemplamos? Então, faço minha proposta, que tal olhar para sua janela? Quem sabe, assim como eu, você encontre um pouco de serenidade e leveza durante essa pandemia.

 LEIA MAIS  Gostou de saber o projeto Aves da Janela? Conheça sobre a biologia básica de algumas Aves Brasileiras

CAMERON, R.W.F., P. BRINDLEY, M. MEARS, K. MCEWAN, F. FERGUSON, D. SHEFFIELD, ET AL. 2020. Where the wild things are! Do urban green spaces with greater avian biodiversity promote more positive emotions in humans? Urban Ecosystems. Urban Ecosystems.Dorado-Correa, A.M., S.A. Zollinger, B. Heidinger and H. Brumm. 2018. Timing matters: Traffic noise accelerates telomere loss rate differently across developmental stages. Frontiers in Zoology 15: 1–8. Frontiers in Zoology.

Fontana, C. S., Burger, M. I. & Magnusson, W. E. Bird diversity in a subtropical South-American City: effects of noise levels , arborisation and human population density. Urban Ecosyst 14, 341–360 (2011)

Gaynor, K.M., C.E. Hojnowski, N.H. Carter and J.S. Brashares. 2018. The influence of human disturbance on wildlife nocturnality. Science 360: 1232–1235.

Gentry, K.E. and D.A. Luther. 2019. Noise-induced vocal plasticity in urban white-crowned sparrows does not involve adjustment of trill performance components. Scientific Reports 9: 1–8. Springer US.

https://www.theguardian.com/world/gallery/2020/apr/22/animals-roaming-streets-coronavirus-lockdown-photos

https://www.bbc.com/news/world-52459487

https://noticias.uol.com.br/album/2020/04/22/durante-quarentena-animais-saem-as-ruas-em-centros-urbanos-pelo-mundo.htm?mode=list

https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2020/05/02/animais-silvestres-sao-vistos-em-areas-urbanas-no-norte-de-sc-durante-a-quarentena.ghtml

Comentários

Mais vistas