Mobilização Intercâmbio - Pró-tapir


Estamos com a nossa turma de Intercambio e temos dentro outras atividades as mobilização. A dessa semana é pelo Pró-tapir que atua pela conservação da natureza, especialmente as antas (Tapirus terrestris) através da fundadora, a bióloga Andressa Gatti. Com o empenho dela e de mais pessoas, o Pró-Tapir se tornou um dos poucos, porém importante, programa de conservação dedicado a uma espécie ameaçada no estado do Espírito Santo. 

Para avançar o Programa vai se tornar uma ORG, ou uma Organização das Sociedade Civil, o que ajuda a estruturar, e portanto, melhorar as atividades já desenvolvidas. Você pode doar algum valor para para financiar o processo de criação dessa organização. Toda a renda será revertida para o pagamento de taxas e ajuda para despesas iniciais. 

O Instituto Jurumi apoia a iniciativa e disponibiliza os seus canais institucionais de arrecadação para ajudar mais esse avanço pela natureza brasileira. A gente conta com a participação de cada pessoa. 

Doe via PagSeguro R$ 10,00

Doe via PagSeguro R$ 20,00

Doe via PagSeguro R$ 50,00 


Sobre o Pró-tapir
Em 2011, nascia o Programa de monitoramento e conservação das antas na Mata Atlântica Capixaba – o Pró-Tapir com a missão de promover ações de pesquisa e conservação das populações das antas na Mata Atlântica Capixaba e, além disso, elaborar um plano de conservação para a espécie na região.

A partir de 2019, houve um grande passo: o Pró-Tapir cresceu, com uma cara nova e com grandes desafio, dentre eles ampliar para Monitoramento e Proteção dos Ungulados da Mata Atlântica. Parece uma mudança sutil, não é mesmo? Mas para nós isso faz toda a diferença, pois além das antas, as queixadas, os catetos e os veados passaram a compor nossa lista de animais focais. Enquanto que a nossa abrangência já não é mais o Espírito Santo e sim, a Mata Atlântica. DOE!

Comentários

Mais vistas