Por que é tão importante proteger nossos ecossistemas?

Por Amanda Costa

Na ecologia, ecossistema é o sistema complexo e dinâmico formado pela interação entre os elementos vivos e entre estes e o ambiente físico. É um termo bastante antigo, no entanto, o debate sobre os serviços prestados por esses sistemas ao bem-estar da população é mais recente. Na verdade, a preocupação é como os impactos negativos cada vez mais intensos sobre esses ambientes podem afetar a sociedade.

Os ecossistemas podem ser terrestres, como as florestas e desertos; ou aquáticos, como os rios e lagos e também os mares e oceanos. Variam em escala desde uma simples poça de água a toda a biosfera, a qual reúne todos os ecossistemas existentes. 

Os serviços ecossistêmicos, por sua vez, são contribuições, diretas e indiretas, prestados pelos ecossistemas à humanidade, seja para seu bem-estar, quanto para o desenvolvimento econômico. Comumente estes serviços são divididos em categorias de acordo com sua característica.



Segundo a Avaliação Ecossistêmica do Milênio, comissão de especialistas guiada pelas Nações Unidas com o objetivo de melhorar a proteção dos ecossistemas, as categorias em que os serviços ecossistêmicos se dividem são:

Provisão – alimentos, água, madeira, biocombustíveis, recursos genéticos;
Regulação – regulação climática e polinização, controle da erosão, purificação da água;
Suporte – formação do solo, ciclagem dos materiais, produção de oxigênio;
Cultural – ecoturismo e recreação, espiritualidade, valores estéticos e educacionais.

Por essas funções fica clara a importância que os ecossistemas têm sobre nossas vidas!

No entanto, esses serviços são obtidos a partir do correto funcionamento desses ambientes. Por isso, a deterioração do meio ambiente, a perda de habitats, a extinção de espécies e a perda da biodiversidade, juntamente com a poluição, são fatores que afetam a disponibilidade dos serviços ecossistêmicos às sociedades. Os estudos da Avaliação Ecossistêmica do Milênio concluíram que todos os ecossistemas do mundo já foram transformados de alguma forma pela ação humana.

Dessa forma, manter a continuidade dos ecossistemas é fundamental para a qualidade da vida humana, para o desenvolvimento social e econômico. Muitas das disparidades sociais, pobreza e conflitos decorrem pela degradação dos ecossistemas e consequente perdas dos bens naturais principalmente sobre as populações mais vulneráveis.

Desafios
Considera-se que um dos principais desafios para a proteção do meio ambiente está na devida valoração dos serviços ambientais, que ainda são excluídos das políticas econômicas e de mercado. Geralmente, é mais barato manter e preservar os serviços ecossistêmicos do que investir em alternativas ou na recuperação. Além disso, as perdas originadas pela deterioração dos ambientes naturais podem até mesmo anular os ganhos advindos do chamado progresso econômico, mas que desconsidera a sustentabilidade.

O grande objetivo é alcançar um equilíbrio entre o uso dos recursos naturais para o desenvolvimento humano (que também constitui um serviço ecossistêmico, como a exploração da água) com a preservação da natureza de modo a garantir a capacidade das futuras gerações de suprir suas necessidades."

Comentários

Postagens mais visitadas