Café com Bichos - O tamanduá como espécie bandeira


Um momento falando sobre uma organização que tem como mascote o tamanduá-bandeira. Esse é o breve resumo sobre o simpático encontro no Café com Bichos. O evento realizado para estudantes de Ciências Biológicas da Universidade Católica de Brasília - UCB, organizado pela Professora Helga Wiederhecker.

Café com Bichos é um projeto que reúne estudos e seminários, já realizado regularmente, com ênfase para a fauna, dentro do Laboratório de Zoologia da Universidade. Em 27 de setembro falamos sobre a importância da sociedade civil e das pessoas nas atitudes para um ambiente melhor, com os relatos da trajetória do Instituto Jurumi, feito por Rodrigo Viana, um dos fundadores da organização.

Nesse caso, como uma organização que tamanduá-bandeira por símbolo principal pode colaborar questões socioambientais? Os estudantes puderam conhecer os motivos da criação, a importância desse ato para a espécie, para o Cerrado, as dificuldades comuns às instituições no modo de trabalho brasileiro. Eles puderam ver um pouco como é o processo geral, as atividades mais aplicadas, além dos avanços alcançados até o momento.

No final foi aberto um espaço para discutir a respeito de curiosidades sobre o tamanduá-bandeira com algumas perguntas feitas pelo próprios alunos. Entraram na pauta evolução, comportamento, ecologia, anatomia, como por exemplo 'tamanduá tem dente?' quando vimos na prática que não tem. Foi um encontro muito interessante. Ao final todos receberam um boton com temas da organização.

Comentários

Mais postagens