O gigante comedor de cupins

Uma das fotos mais incríveis sobre tamanduá vem da Serra da Canastra, no Cerrado. Ela foi feita por Daphnne Chelles, integrante de uma equipe do Setor de Animais Selvagens da Faculdade de Veterinária, Universidade Federal Fluminense. Essa fotografia faz parte do #MuralTamandua que reúne curiosidades sobre as especies de tamanduás, em fotografias das pessoas. A autora escreveu o seu relato de como foi o momento:

A fotografia intitulada "O gigante comedor de cupins", que mostra um Tamanduá-bandeira em pé se apoiando em um cupinzeiro foi registrada por mim no dia 22 de outubro de 2016 as 17h18 no Parque Nacional da Serra da Canastra, localizado na cidade de São Roque de Minas - MG.

No momento do registro da cena, estávamos eu, meu orientador e mais dois colegas pesquisadores. Estávamos na estrada e vimos ao longe o Tamanduá se movendo sem pressa. Fomos até lá e ficamos o observando a uma distância de aproximadamente 10 metros (prezando pela segurança do animal e pela nossa). Nesse momento o tamanduá-bandeira não notou nossa presença, pois estávamos com roupas camufladas e muito silenciosos e envoltos pela natureza do cerrado. Ele estava indo de cupinzeiro em cupinzeiro, até que no cupinzeiro mostrado na foto, ele se ergueu apoiando seus braços sobre ele e ficando em pé! E começou a alimentar-se dos cupins ali presentes.

A cena foi tão incrível que nós não conseguíamos nem falar nada... Só sorrir maravilhados por estarmos tendo o privilégio de contemplar cena tão única e linda. Dei muito mais sorte em ter visto essa cena com meus olhos do que tê-la capturado com minha máquina fotográfica. O melhor disso tudo é que através da minha fotografia outras pessoas poderão ver essa cena sem igual.


Assim, fica registrado, publicamente, os agradecimentos do Instituto Jurumi para Daphnne pela importante contribuição na documentação do tamanduá-bandeira no Cerrado.

Comentários

Mais postagens