Ciência, História e Mulher

Nathália Araújo




Historicamente, é difícil falar das mulheres na Ciência, sem lembrar da emblemática Marie Curie que é chamada pioneira, a primeira a ganhar dois prêmios Nobel.

Mas antes dela, vieram muitas outras mulheres que também fizeram história, contribuíram de forma significativa na Ciência e que também nos trás inspiração.

Hildegard de Bingen (1098-1179), teóloga alemã, escrevia sobre arte, música, tratados de medicina e botânica. Descreveu muitos chás e infusões e sobre a aplicação de cada um deles. Como se fosse pouco, ainda descrevia sobre diferentes espécies de mamíferos, peixes e répteis. Atualmente, o nome da famosa teóloga é um dos gêneros botânicos existentes mais bonitos, chamado Hildegardia (cuja as folhas lembram um coração). 

A Maria Gaetana Agnesi (1718-1799) que foi a primeira mulher a ser chamada de Matemática no Ocidente. Descobriu uma equação que é utilizada até hoje, a “curva de Agnesi”, foi a primeira professora de Matemática e a primeira a escrever um livro de álgebra chamado “Instituzioni Analitiche” (Instituições Analíticas). Era poliglota, tinha fluência em latim, hebraico, alemão, francês, espanhol e grego. 

Mary Anning (1799 – 1847), a paleontóloga que descobriu um de seus primeiros fósseis aos 12 anos de idade. Descobriu também, o primeiro Plesiosauria (ordem de répteis marinhos já extintos). Suas descobertas revolucionaram os pensamentos científicos da época e ajudaram a desvendar a vida pré-histórica. Caroline foi considerada a maior fossilista do mundo e contribuiu significativamente para o estudo da geologia. 

Já Elizabeth Arden (1884- 1966) era uma enfermeira que gostava de cuidar da pele, criou cremes medicinais para tratar queimaduras, feridas e manchas. Transformou sua cozinha num verdadeiro laboratório, formulava cremes e pastas utilizando ingredientes simples como gordura e leite, além de outras substâncias, em busca do creme perfeito. Trabalhou arduamente no ramo da beleza e dos cosméticos, até que lançou um pequeno salão de beleza em Nova York que oferecia diversos serviços como limpeza de pele e o seu já famoso resultado: Creme Arden. Atualmente, esse tipo de negócio é chamado Spa Day, o que fez dos Estados Unidos um dos maiores destinos de spas do mundo. 

Logo após, veio a Marie Curie (1867 – 1934) a nossa primeira mencionada, ela, conhecida como mãe da física moderna, que revolucionou pela descoberta de elementos químicos como Rádio (Ra) e o Polônio (Po). Foi a primeira mulher a ganhar o prêmio Nobel, duas vezes: o primeiro prêmio em química e o segundo em física. Foi a primeira mulher a lecionar na Tradicional Universidade Francesa de Sorbonne - Sorbonne Université. Depois de ter se graduado em física e matemática, Marie foi aprovada em primeiro lugar para o mestrado em Física e logo depois, no ano seguinte, ficou em segundo lugar no mestrado em Matemática. Mas foi em seu doutorado, que trabalhando com seu esposo Pierre Curie, realizou suas mais famosas descobertas. 




Após essas, vieram mais mulheres que fizeram história e foram importantes para a Ciência, como a primeira mulher a tornar-se primeira-dama e que estudava sobre Imunologia, a Psiquiatra que lutava contra a agressividade tratada com o ser humano e também a primeira Médica Neonatal que ajudou a diminuir a mortalidade infantil. Era só o começo de um legado que permanece até hoje. 

O programa "Para Mulheres na Ciência" teve início em 2006, com uma campanha da UNESCO Brasil, Academia Brasileira de Ciência e da L'Oréal Paris que aborda até hoje que o mundo precisa de Ciência e que a Ciência precisa das mulheres. E com isso, favorecer a equidade de gênero e motivar a transformação no ambiente científico.

Somos muitas... muitas outras mulheres na Ciência e fora dela que fazem a diferença no mundo. Somos biólogas em busca de conservar a natureza e as espécies, somos professoras e educadoras na luta em favor de uma educação de qualidade em nosso país, somos médicas que dedicam a vida para salvar outras vidas, somos farmacêuticas em busca de medicamentos para a cura, somos mães que cuidam de todos com um amor único. Somos Mulheres e Cientistas em prol de um futuro de igualdade e fraternidade.




Dia Internacional das Mulheres!

 LEIA MAIS  Gostou de saber sobre as célebres cientistas? Saiba também as principais curiosidades sobre o Cerrado e também do Tamanduá-bandeira

Comentários